Na rede municipal de ensino, estudantes com deficiência, Transtorno do Espectro Autista (TEA) e com Altas Habilidades também têm pleno acesso à educação no âmbito da escola regular. A fim de garantir o direito inalienável à educação para todos, a Prefeitura de Fortaleza organiza diferentes ações que englobam a implementação e a oferta de serviços para a educação inclusiva.

Atualmente, cerca de 5.400 alunos são acompanhados pelo Atendimento Educacional Especializado (AEE) da rede municipal de ensino, seja nas 155 Salas de Recursos Multifuncionais, em instituições conveniadas à prefeitura, ou por meio de práticas pedagógicas inclusivas em sala de aula comum.

Em 2015, foi também inaugurada Escola Municipal de Tempo Integral de Educação Bilíngue Francisco Suderland Bastos Mota. A instituição garante a promoção da identidade linguístico-cultural para estudantes ouvintes, surdos e com surdocegueira. No modelo bilíngue, a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) se constitui como língua de convivência, comunicação e instrução acadêmica, enquanto a Língua Portuguesa, mantida como segunda língua, é objeto de ensino na modalidade escrita e instrumento necessário à comunicação, construção do conhecimento e o acesso às informações.

Educação Especial – Fortaleza

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Educação (SME), a partir da Coordenadoria de Ensino Fundamental/Célula de Desenvolvimento Curricular - Núcleo de Inclusão e Diversidade, tem como objetivo ampliar e melhorar a qualidade da Educação Inclusiva nas unidades escolares do Município de Fortaleza, conforme as diretrizes da Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva/2008.

Matrícula Antecipada

A SME realiza a matrícula antecipada dos (as) alunos (as) público da Educação Especial, tendo como objetivos identificar as necessidades educacionais específicas destes alunos, mapear as escolas e assegurar, de forma prévia, a organização dos suportes e recursos de acessibilidade física e pedagógica, favorecendo o princípio da equidade e a garantia de respostas educacionais a todos os alunos.

Salas de Recursos Multifuncionais – SRM 

As Salas de Recursos Multifuncionais (SRM) são espaços físicos localizados nas escolas da Rede Pública Municipal de Ensino, dotados de mobiliário, materiais didáticos e pedagógicos, recursos de acessibilidade e equipamentos específicos para o atendimento aos estudantes com deficiência, transtornos globais de desenvolvimento e altas habilidades/superdotação. 

As SRM da Rede Pública Municipal de Ensino de Fortaleza são polos de Atendimento Educacional Especializado (AEE) onde são atendidos os estudantes público-alvo da Educação Especial da própria escola e das adjacências.

Atendimento Educacional Especializado (AEE)

O Atendimento Educacional Especializado, como serviço da Educação Especial, é realizado, prioritariamente, nas SRM da própria escola, em outra escola de ensino regular ou em instituições conveniadas, sendo este atendimento realizado no turno inverso da escolarização. As atividades desenvolvidas na SRM diferenciam das realizadas na sala de aula comum e não se caracteriza como aula de reforço ou apoio temporário. Portanto, esse serviço tem por finalidade identificar, elaborar e organizar recursos pedagógicos e de acessibilidade que eliminem as barreiras que impedem a plena participação dos alunos público da educação especial (MEC/SEESP, 2008).

Público-alvo da Educação Especial/AEE

Visando ampliar a oferta do Atendimento Educacional Especializado, aos estudantes publico alvo da Educação Especial, matriculados na rede regular de ensino.A Secretaria Municipal da Educação firmou no ano de 2017 convênios com oito instituições especializadas: Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, Associação Pestalozzi do Ceará, Recanto Psicopedagógico da Aldeota, Centro de Integração Psicossocial do Ceará, Instituto Fillippo Smaldone, Centro de Convivência Mão Amiga, Centro de Convivência Mão Amiga, Projeto Missionário e Instituto Moreira de Souza.

1ª Escola Municipal de Tempo Integral de Educação Bilíngue Francisco Suderland Bastos Mota

A instituição garante a promoção da identidade linguístico-cultural para estudantes ouvintes, surdos e com surdocegueira. No modelo bilíngue, a Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS se constitui como língua de convivência, comunicação e instrução acadêmica; enquanto a Língua Portuguesa, mantida como segunda língua, é objeto de ensino na modalidade escrita e instrumento necessário à comunicação, construção do conhecimento e o acesso às informações. A escola funciona da Educação Infantil IV ao 5º ano do Ensino Fundamental. 

CONTATO

Distrito de Educação 1

Avenida Francisco Sá, 7878 - Barra do Ceará - 3465-1633

Distrito de Educação 2

Rua Professor Juraci Mendes de Oliveira, 01 - Edson Queiroz - 3241-4778

Distrito de Educação 3

Avenida Jovita Feitosa, 1264 - Parquelândia - 3433-2556

Distrito de Educação 4

Rua Isaie Bóris, 568 - Montese - 3433-2880

Distrito de Educação 5

Avenida Augusto do Anjos, 2466 - Bom Sucesso - 3433-2907

Distrito de Educação 6

Av. Padre Pedro de Alencar, 789 – Messejana - 3256-6328

Secretaria Municipal da Educação

Av. Desembargador Moreira, 2875 – Dionísio Torres - 3459.5937