Além das Escolas de Tempo Integral, que oferecem educação integral e são o principal projeto de ampliação da Jornada Escolar, a Prefeitura de Fortaleza desenvolveu, por meio de parcerias entre secretarias e com outras instituições, programas que suplementam o conteúdo oferecido nas escolas de tempo parcial e ampliam a carga-horária dos alunos.

Um deles é o “Integração”, que tem por objetivo estabelecer uma metodologia que integra a educação básica com experiências socioeducativas realizadas pela Rede Cuca. Com isso, o ato educativo assume os interesses e formas de expressão juvenis e se orienta por questões ligadas às histórias e projetos de vida dos jovens. Espera-se que o aluno torne-se protagonista de sua aprendizagem e que a Prefeitura Municipal de Fortaleza possa colaborar efetivamente no desenvolvimento intelectual, social e profissional na definição de trajetórias subjetivas de vida e no convívio social por meio da proposição de ações pautadas num fazer para e com a juventude.

O “Integração” é resultado de uma parceria entre a Secretaria Municipal da Educação (SME) e a Coordenadoria Municipal da Juventude. As escolas participantes são Antônio Correia Lima, Dom Antônio Batista Fragoso, Reitor Pedro Teixeira Barroso, Cristo Redentor, Maria Viviane Benevides Gouveia, José Ayrton Teixeira, Marieta Guedes Martins, Jonathan da Rocha Alcoforado, Irene de Sousa Pereira, Taís Maria Bezerra Nogueira, Vereador José Barros de Alencar, Martha dos Martins Coelho Guilherme, Dom Manoel da Silva Gomes, Ismael Pordeus. Os 404 alunos participantes passam a manhã na unidade educacional e as tardes em um dos três CUCAS, na Barra do Ceará, no Mondubim ou no Jangurussu, desenvolvendo atividades como fotografia, informática, audiovisual, teatro, treino funcional, natação, vôlei, handebol, futsal, jiu jitsu, MMA, música e dança.